NUTESES
 
SISTEMA DE PUBLICAÇÃO ELETRÔNICA DE TESES E DISSERTAÇÕES | BUSCA |

Warning: in_array() [function.in-array]: Wrong datatype for second argument in /home/webtedenuteses/html/tde_busca/biblioteca/mostraResultados.inc on line 828
Pesquisa resultou em: 1 registro(s)
Páginas:
Primeira | 1 | Última
Resultado(s) [1 - 1]
Total de Páginas: 1
1
Autor: Ed Melo Golfeto
   
Título(s):
[pt] Caracterização do padrão interativo no intercâmbio verbal de uma mãe com seu filho com síndrome de down
   
Instituição de Defesa: Universidade Federal de São Carlos
   
Resumo(s):
[pt] O objetivo desta investigação foi proceder a uma análise descritiva e funcional das interações verbais de uma mãe com seu filho deficiente mental. Participou do estudo um par mãe-criança, sendo a criança portadora de Síndrome de Down. A criança tinha três anos e cindo meses no início das observações, que foram realizadas em quatro períodos, com um ano e sete meses de duração. Ao longo desses períodos foram realizadas dezesseis sessões de observação com o propósito de se conduzir uma análise extensiva que permitisse mostrar mudanças evolutivas do padrão interativo. As sessões de observação foram realizadas na casa dos sujeitos, duraram vinte minutos, na presença da mãe, da criança e de dois observadores. As interações do par foram observadas na situação de brinquedo livre. Os brinquedos foram oferecidos pelos observadores. Os comportamentos verbais vocais foram audiogravados e transcritos e os não vocais foram levantados a partir de registro contínuo. As transcrições das gravações permitiram informar sobre o desempenho verbal de cada membro da díade, através da freqüência e seqüência das verbalizações e pausas entre elas. Índices descritivos do comportamento verbal da criança e categorias descritivas e funcionais do comportamento verbal materno foram computadas para descrever qualitativamente o desempenho verbal da criança e o tipo de estimulação verbal a que ela estava sendo exposta. O padrão interativo foi ainda analisado a partir dos comportamentos verbais vocais e não vocais e caracterizado ao se identificar seqüências de interações deste par, pelo uso de uma nova metodologia seqüencial proposta. Esta metodologia permitiu descrever o fluxo interativo identificando-se unidades comportamentais extraídas das interações e focalizando-se parâmetros seqüênciais importantes, tais como: o tamanho e a natureza das seqüências, o iniciador e o finalizador das mesmas, bem como os temas em torno dos quais elas se desenvolveram. O padrão interativo deste par foi caracterizado pela maior freqüência de seqüências interativas e de menor freqüência de interação mal sucedidas e imitativas. Foi encontrado um alto nível de eficácia interativa e um padrão interativo bem próximo ao de crianças normais em relação ao tamanho das seqüências. A diretividade da mãe se fez notar pela maneira quase que exclusiva com que assumiu o papel de iniciador dos temas e das seqüências interativas. Houve uma adaptação da criança à diretividade materna. Mudanças foram observadas de um período para outro na utilização de temas nas seqüências, bem como nos temas a que a criança foi mais responsiva. Em relação às interações verbais vocais evidenciou-se um padrão temporal semelhante ao observado com pares de mães-crianças normais. A maior atuação da mãe foi ainda observada na freqüência com que assumiu o papel de locutor e na freqüência das verbalizações, que, em ambos os casos, e no decorrer de todo o estudo, foram três vezes superiores as da criança. O desempenho verbal da criança foi caracterizado como muito pobre e constituído principalmente de simples vocalizações. As verbalizações da mãe foram constituídas principalmente de ordens motoras, modelos, aprovações e desaprovações ao desempenho motor. As análises realizadas com as categorias verbais maternas, tanto descritivas como funcionais permitiram sugerir que a mãe está muito mais atenta ao desempenho motor da criança e muito menos as suas verbalizações. O padrão interativo pode ser caracterizado por um alto nível de interações em que o comportamento verbal da criança parece não ser um fenômeno operativo. Os dados fornecidos por esta investigação deverão fundamentar uma proposta de intervenção visando uma possível ampliação do repertório verbal da criança e alteração no padrão interativo da díade (onde o comportamento verbal da criança entre como um fator determinante).
[en] The aim of this investigation was to carry out a descriptive and functional analysis of verbal interactions between a mother and her mentally deficient sono One mother and her child were the subjects studied in the verbal interaction. The child was three years and five months old at the beginning of this research. The observations were carried out in four periods which lasted altogether one year and seven months. During this period sixteen observations sessions were taken with the purpose to conduct an extensive analysis, which should show evolutive changes of the interactive pattern. Observations sessions were carried out at the subjects home for twenty minutes. Present at the observational situation were the mother, the child and two observers. The mother and child dyadic interaction was observed at a free-play situation. The toys were presented by the observers. The vocal verbal behaviors were audio-taped and transcribed, and nonvocal behaviors were taken out of the event recordo The audio-taped transcription gave information about the verbal performance of each member of the dyad: utterance frequencies, utterance sequencies and temporal intervals between them. In order to describe qualitatively the child verbal behavior, the average lenght of utterances in words and others indixes of his linguistic leveI were calculated. With the purpose to describe the kind of stimulation that the child was exposed, the mother's utterances were classified into descriptive and functional categories. A new sequential metodology was proposed to analyse the vocal verbal and nonverbal behaviors, through the identification of the sequential interactions of the pairo Behavioral units of the interaction and its sequential parameters were studied to describe the interactive flow, such as the length and nature of the sequences, the iniciator and terminator of them, as ell as the theme.The findings indicated a greater frequency interactive sequencies and a smaller frequency of 5ucessfull and imitative interactions. It was found high leveI of interactive efficacy and a lenght of the quencies close to the normal patterns. The mother's rectivity was observed by the high frequency she iniciated e interactive sequencies and themes. The child showed adaptation to the mother's directivity. Changes were served through the periods in the use of the sequency emes, as well as the themes the child was more sponsive. The analysis of the data indicated a similar temporal pattern as the one found in the normal dyadic pattern of the mother and child interactions. The mother produced three times utterances more than the child. The child verbal performance was imature and consisted of much more vocalizations tham words. The mother's utterances lsisted basically of motor demands, models, and approvals and desaprovals to the child motor performance. The analysis of maternal verbal categories, either descriptive well as functional, suggests that the mother attended more to the child's motor performance than to the child's verbalizations. The interactive pattern can be characterizid by ligh leveI of interactions although the child's verbal lavior doesn't seem to be an operative phenomenon. The data of this investigation will be the basis a future proposition of an intervention programo The of this program will be to increase the verbal formance of the child, as well as to change the pattern the dyadic interaction, in such way that child's verbalizations. The interactive pattern can be characterizid by a high level of interactions although the child's verbal behavior doesn't seem to be an operative phenomenon. The data of this investigation will be the basis for a future proposition of an intervention program. The aim of this program will be to increase the verbal performance of the child, as well as to change the pattern of the dyadic interaction, in such way that child's verbal behavior will also become a determinant agent.
   
Titulação: Mestre em Educação Física
   
Programa de Pós-Graduação: Educação
   
Área de Concentração: Não possui
   
Linha de Pesquisa: Não possui
   
Contribuidor(es):
[Orientador] Elza Marilene Stell Prorok
   
Assunto(s):
[pt] EDUCACAO FISICA
   
Local de defesa: São Carlos - SP - BR
   
Data da defesa:
[pt] 1983
[en] 1983
   
Número de Páginas: 281
   
Arquivo(s):
PDF - Dissertação parte 1
PDF - Dissertação parte 2
PDF - Dissertação parte 3
PDF - Dissertação parte 4
PDF - Dissertação parte 5
PDF - Dissertação parte 6
PDF - Dissertação parte 7
Detalhar Incluir na pasta 
    


Resultado(s) [1 - 1]
Primeira | 1 | Última
Páginas:
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações
Busca  
Busca Avançada »
Pasta de Trabalho » Ajuda
Registros por página

v-IBICT | COPYRIGHT ©
desenvolvido para IE 5.0+
Universidade Federal de Uberlândia www.sibradid.eef.ufmg.br