NUTESES
 
SISTEMA DE PUBLICAÇÃO ELETRÔNICA DE TESES E DISSERTAÇÕES | BUSCA |

Warning: in_array() [function.in-array]: Wrong datatype for second argument in /home/webtedenuteses/html/tde_busca/biblioteca/mostraResultados.inc on line 828
Pesquisa resultou em: 1 registro(s)
Páginas:
Primeira | 1 | Última
Resultado(s) [1 - 1]
Total de Páginas: 1
1
Autor: Ana Claudia Saladini
   
Título(s):
[pt] A EDUCAÇÃO FÍSICA E A TOMADA DE CONSCIÊNCIA DA AÇÃO MOTORA DA CRIANÇA
[en] Physical education and awareness of MOTOR ACTION OF THE CHILD
   
Instituição de Defesa: Universidade Federal de Uberlândia
   
Resumo(s):
[pt] Atualmente observamos que a Educação Física Escolar, vista como área de conhecimento, deve promover, junto aos alunos, a construção e compreensão da motricidade, por meio da apropriação dos conteúdos que se relacionam às manifestações de nossa cultura corporal, bem como das estruturas capacitativas que possibilitam estas manifestações. Porém, ainda é comum encontrarmos esta área misturada a alguns equívocos com relação a sua verdadeira importância, seus objetivos, conteúdos e metodologias. Para que os alunos se apropriem de sua motricidade, tornou-se indispensável uma investigação do processo de tomada de consciência e suas implicações educacionais na Educação Física Escolar. Adotamos, para esta tarefa, a Epistemologia Genética de Jean Piaget por entendermos que a gênese do conhecimento explica-se na relação solidária entre o sujeito e objeto, partindo de níveis menos elaborados de conhecimento para níveis mais complexos. Portanto, o conhecimento é visto como um processo que tem sua gênese e organização própria, não se tratando simplesmente de um produto acabado. Tal entendimento nos permitiu estudar e compreender melhor os processos que garantem a estruturação do conhecimento humano bem como a gênese e o funcionamento do processo de tomada de consciência da ação motora do sujeito. Ao propormos esta pesquisa qualitativa, com aplicação do método clínico, tivemos como objetivo investigar como as aulas de Educação Física têm se ocupado com a tomada de consciência da ação motora da criança, tendo em vista uma professora que apresenta uma ação pedagógica tradicional e outra, com uma ação pedagógica construtivista. Para identificarmos estes pressupostos epistemológicos na ação docente das duas professoras, aplicamos três instrumentos: uma avaliação situacional, uma entrevista semi estruturada e observação de três aulas de cada uma. Os dados encontrados foram analisados e organizados em três temas: concepção de aprendizagem, concepção de Educação Física (objetivos, conteúdos e metodologia) e concepção de avaliação. Analisando os dados encontrados, podemos inferir que a professora que tem sua ação pedagógica fundamentada nos pressupostos epistemológicos do construtivismo, poderá contribuir de forma mais significativa para a construção e compreensão da motricidade junto aos alunos. Para investigarmos nossa problemática junto às crianças, elaboramos a prova motora do chute, composta por duas etapas: chute na bola e conversa pelo telefone. Para aplicarmos esta prova constituímos dois grupos com dezesseis crianças cada um, com idade entre seis e oito anos, que foram filmados e questionados individualmente, em dois momentos distintos, havendo um período de intervalo de oito meses entre a primeira e segunda filmagem. Diante das informações encontradas junto às crianças, pudemos organizar três níveis de consciência da ação motora do chute: nível um, nível dois e nível três, sendo o primeiro o mais primitivo e o último o mais elaborado que encontramos. Diante deste estudo concluímos que, antes que o sujeito construa conceitos, há uma consciência própria do corpo e o funcionamento deste não obedece a leis mecânicas. Portanto, na Educação Física Escolar, além de vivenciar as experiências motoras, o aluno deverá compreendê-las para que a construção e compreensão de sua motricidade seja uma realidade.
[en] We can observe, nowadays, that School Physical Education, considered here as a knowledge area, must promote student’s construction and understanding of their motor abilities by learning the contents related to their body actions and capabilities. However, it still common to find a little misguidance related to its real importance, its goal, contents and methodologies. In order to help students to embrace their motor abilities, it is fundamental to investigate the process by which they develop awareness and its educational implications for School Physical Education. This task was based on Jean Piaget Genetic Epistemology, because we understand that the genesis of knowledge is founded on the cooperative relationship between subject and object, starting at less elaborate levels of knowledge towards to most complex ones. Therefore, knowledge is seen not as a final product but as a process with its own genesis and organization. This view allowed us to better study and understand the processes which grant not only the development structures of human knowledge but also the genesis and functioning of the subject motor actions awareness. As we proposed this qualitative research, with use for clinic method, we aimed to investigate how Physical Education classes have placed the development of awareness in children motor action. We observed the classes of a teacher who has a traditional pedagogical approach and of another teacher whose approach is constructivist. In order to identify these epistemological assumptions in their teaching actions, we used three instruments: a situational evaluation, a semi-structured questionnaire and the observation of three classes of each. The resulting data were analyzed and organized into three themes: concept of learning, concept of Physical Education (goals, contents and methodology) and concept of evaluation, from which we can infer that the teacher whose practice is based on constructivist epistemology may contribute most significantly for the construction, development and acknowledgment of students motor abilities. By focusing our investigation on children, we tested the motor skill of kicking in two groups with sixteen children each, ages between six and eight. They were filmed and questioned individually in two different moments within an eightmonth lapse between the first and the second shootage. By considering the information gathered from the children, we were able to organize three levels of awareness of their motor action for kicking: phase one, phase two and phase three; being the first the more primitive and the last the more elaborate. Thus, we concluded that, before one constructs their concepts, there is a self-awareness of the body and its functioning doesn’t obey to mechanics laws.
   
Titulação: Mestre em Educação
   
Programa de Pós-Graduação: Educação Física
   
Área de Concentração: Filosofia da Educação
   
Linha de Pesquisa: Não possui
   
Contribuidor(es):
[Orientador] Adrian Oscar Dongo Montoya
[Membro da Banca] Fernando Becker
[Membro da Banca] Rosely Palermo Brenelli
[Membro da Banca] Marcelo Carbone Carneiro
[Membro da Banca] Ângela Pereira Teixeira Victoria Palma
   
Assunto(s):
[pt] Epistemologia Genética
[pt] Educação Física
[pt] Ação Motora
[pt] Educação Motora
[pt] Tomada de Consciência.
[en] Genetic Epistemology
[en] Physical Education
[en] Motor Actions
[en] Motor
[en] Education and Awareness.
[pt] EDUCACAO FISICA
   
Local de defesa: São Paulo - SP - BR
   
Data da defesa:
[pt] 2006
[en] 2006
   
Número de Páginas: 306
   
Arquivo(s):
PDF - Dissertação
Detalhar Incluir na pasta 
    


Resultado(s) [1 - 1]
Primeira | 1 | Última
Páginas:
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações
Busca  
Busca Avançada »
Pasta de Trabalho » Ajuda
Registros por página

v-IBICT | COPYRIGHT ©
desenvolvido para IE 5.0+
Universidade Federal de Uberlândia www.sibradid.eef.ufmg.br