NUTESES
 
SISTEMA DE PUBLICAÇÃO ELETRÔNICA DE TESES E DISSERTAÇÕES | BUSCA |

Warning: in_array() [function.in-array]: Wrong datatype for second argument in /home/webtedenuteses/html/tde_busca/biblioteca/mostraResultados.inc on line 828
Pesquisa resultou em: 1 registro(s)
Páginas:
Primeira | 1 | Última
Resultado(s) [1 - 1]
Total de Páginas: 1
1
Autor: Maria Dilailça Trigueiro de Oliveira Ferreira
   
Título(s):
[pt] Efeitos da atividade física nas atividades da vida diária em indivíduos com doença de Parkinson.
[en] Effects of physical activity in daily life activities in individuals with Parkinson's disease.
   
Instituição de Defesa: Universidade Federal de Uberlândia
   
Resumo(s):
[pt] A doença de Parkinson (DP) é uma doença crônica e progressiva do SNC caracterizada pela perda progressiva (regional), acima de 60%, dos neurônios dopaminérgicos, que acomete principalmente o sistema motor. A perda desses neurônios acarreta diminuição progressiva da dopamina, ocasionando o surgimento dos principais sinais/sintomas que são: tremor de repouso, bradicinesia, rigidez muscular e instabilidade postural. Esses sinais/sintomas podem diminuir a capacidade de indivíduos com DP em movimentar-se normal e independentemente, alterando sua qualidade de vida. A atividade física tem se mostrado essencial para prevenir e reabilitar problemas de saúde e até proteger contra a perda das células neuronais. Para tanto, foram realizados 2 estudos. O Estudo 1 pretendeu observar os efeitos de uma programa de atividade física generalizada (PAFG) na mobilidade funcional na realização das AVDs de indivíduos em estágios iniciais da DP. Vinte e um indivíduos com DP em estágios de 1 a 2 da escala da Hoehn e Yahr iniciaram o treinamento e somente doze indivíduos com DP (65,92 ± 7 anos) foram reavaliados. O Estudo 2 verificou os efeitos de um programa de exercícios de manutenção (PEM) na mobilidade funcional na realização das AVDs de indivíduos em estágios mais avançados da DP. Dez indivíduos com DP em estágios de 1 a 3 da escala da Hoehn e Yahr iniciaram as atividades e somente oito (71,13 ± 8 anos) foram reavaliados. Foram analisadas as seguintes variáveis para ambos os estudos: 1) variáveis de controle: clínicas, o acometimento da doença e o estado mental; funcionais: equilíbrio funcional e as capacidades funcionais; nível de atividade física e a qualidade de vida; 2) variáveis dependentes: tempo gasto e número de passos no desempenho motor das tarefas Timed “Up and Go” (TUGt e TUGp) e Postural Locomotion Manual (PLMt e PLMp) antes e após os programas de intervenção. Para o Estudo 1, a ANOVA evidenciou efeito de treinamento para as variáveis dependentes TUGt (F1,11=13,390, p<0,004) e PLMt (F1,11=5,201, p<0,043); e para as variáveis de controle: flexibilidade (F1,11=5,044, p<0,046), coordenação (F1,11=7,578, p<0,019) e força (F1,11=16,647, p<0,002). O teste de Wilcoxon evidenciou diferença significativa (z= -3,061, p<0,002) somente para a variável controle relacionada ao nível de atividade física. Para o Estudo 2, o teste de Wilcoxon evidenciou diferença significativa para variável dependente TUGt (z= -2,521, p<0,012) e para a variável de controle relacionada à qualidade de vida no domínio das relações sociais (z= -2,328, p<0,020). A prática da atividade física tanto em freqüência média e com aumento na intensidade (PAFG), como com freqüência baixa e sem aumento na intensidade (PEM) pode melhorar a mobilidade funcional na realização das AVDs de indivíduos com DP.
[en] Parkinson's disease (PD) is a chronic and progressive CNS characterized by progressive loss (regional), up 60% of dopaminergic neurons, which mainly affects the motor system. The loss of these neurons leads to progressive decrease in dopamine causing the creation of the main signs and symptoms are: tremor rest, bradykinesia, muscular rigidity and postural instability. These signs / symptoms may diminish the ability of individuals with PD in normal and move independently, altering their quality of life. Physical activity has been shown to be essential to prevent and rehabilitate health problems and even protect against the loss of neuronal cells. To Thus, we performed two studies. Study 1 sought to observe the effects of a widespread program of physical activity (GFAP) in functional mobility in performing the ADL of individuals in early stages of PD. Twenty-one individuals with PD in stages 1-2 of the Hoehn and Yahr scale started training and only twelve patients with PD (65.92 ± 7 years) were reassessed. Study 2 examined the effects of an exercise program Maintenance (PEM) on functional mobility in performing the ADL of individuals in more advanced stages of PD. Ten subjects with PD in stages 1-3 of the Hoehn and Yahr scale activities started and only eight (71.13 ± 8 years) were reevaluated. We analyzed the following variables for both studies: 1) control variables: clinics, onset of disease and mental status, functional, and functional balance functional capabilities, physical activity level and quality of life, 2) dependent variables: time spent and number of steps in the performance motor tasks Timed "Up & Go" (TUGT and TUGp) Posture and Locomotion Manual (PLMt and PLMp) before and after the intervention programs. For Study 1, ANOVA showed the effect of training variables dependent TUGT (F1, 11 = 13.390, p <0.004) and PLMt (F1, 11 = 5.201, p <0.043), and to control variables: flexibility (F1, 11 = 5.044, p <0.046), coordination (F1, 11 = 7.578, p <0.019) and strength (F1, 11 = 16.647, p <0.002). The Wilcoxon test showed significant difference (z = -3.061, p <0.002) only for the variable control related to the level of physical activity. For Study 2, the test Wilcoxon showed significant differences for the dependent variable TUGT (z = -2.521, P <0.012) and the control variable related to quality of lifein the field of social relations (z = -2.328, p <0.020). Practice Activity physics both in frequency and increase in average intensity (GFAP), as often low and no increase in intensity (PEM) can improve functional mobility in the performance of ADLs in individuals with
   
Titulação: Mestre em Ciência da Motricidade Humana
   
Programa de Pós-Graduação: Educação Física
   
Área de Concentração: Ciência da Motricidade Humana
   
Linha de Pesquisa: Não possui
   
Contribuidor(es):
[Orientador] Lilian T.B.Bucken Gobbi
   
Assunto(s):
[pt] Doença de Parkinson. Atividade Física. Atividades da vida diária.
[en] Physical Activity. Life activities daily.
[pt] EDUCACAO FISICA
   
Local de defesa: Rio Claro - SP - BR
   
Data da defesa:
[pt] 06/11/2008
[en] 06/11/2008
   
Número de Páginas: 119
   
Arquivo(s):
PDF - Dissertação
Detalhar Incluir na pasta 
    


Resultado(s) [1 - 1]
Primeira | 1 | Última
Páginas:
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações
Busca  
Busca Avançada »
Pasta de Trabalho » Ajuda
Registros por página

v-IBICT | COPYRIGHT ©
desenvolvido para IE 5.0+
Universidade Federal de Uberlândia www.sibradid.eef.ufmg.br