NUTESES
 
SISTEMA DE PUBLICAÇÃO ELETRÔNICA DE TESES E DISSERTAÇÕES | BUSCA |

Warning: in_array() [function.in-array]: Wrong datatype for second argument in /home/webtedenuteses/html/tde_busca/biblioteca/mostraResultados.inc on line 828
Pesquisa resultou em: 1 registro(s)
Páginas:
Primeira | 1 | Última
Resultado(s) [1 - 1]
Total de Páginas: 1
1
Autor: ORLANDO MENDES FOGAÇA JÚNIOR
   
Título(s):
[pt] A FORMAÇÃO DA NOÇÃO DA FORÇA CORPORAL NA CRIANÇA: CONTRIBUIÇÕES PARA A EDUCAÇÃO FÍSICA
[en] THE FORMATION OF THE CONCEPT OF POWER IN BODY CHILD: CONTRIBUTIONS TO PHYSICAL EDUCATION
   
Instituição de Defesa: Universidade Federal de Uberlândia
   
Resumo(s):
[pt] De acordo com a atual Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei nº. 9394/96), a Educação Física, no âmbito educacional, deixa de ser área de atividade e passa a ser componente curricular, uma disciplina; portanto, uma área de conhecimento. Esta disciplina deve, então, possibilitar aos educandos a apropriação dos conteúdos que lhes são específicos e as relações que estes possuem com as manifestações corporais no processo de produção cultural realizado pelo homem; culminando, assim, com a estruturação e compreensão de sua motricidade. O que comumente ocorre como contexto das aulas de Educação Física, contudo, é a transposição do esporte de rendimento e “joguinhos”, com o intuito de desenvolver as habilidades físicas e de melhorar a performance do educando. Ao se pautar neste equívoco conceitual sobre esta disciplina, os professores estruturam os seus planos de aula preocupando-se somente com a recreação, socialização e cooperação. No entanto, ao observar uma aula, o que se vê é, na realidade, a atividade pela atividade. Com isso, os conteúdos, objetivos e metodologias ficam, em sua maioria, suprimidos. Para que a apropriação da motricidade seja possibilitada, tornou-se importante uma investigação de como se realiza, pelo sujeito, a estruturação e evolução de um conteúdo específico desta área: a força corporal. Para a realização deste estudo, a Epistemologia Genética de Jean Piaget foi utilizada como princípio teórico. Piaget (1973) explica como o desenvolvimento da formação da noção de força no mundo físico ocorre. Esse estudo teve por problema verificar se o processo apresentado pelo referido autor também ocorre de forma análoga no corporal. Deste modo, propôs-se uma pesquisa qualitativa em que utilizamos como instrumento investigatório duas provas baseadas em uma prova estruturada por Piaget (1973), estas provas foram aplicadas em quarenta crianças. Para verificar a compreensão da formação da noção de força corporal da criança, foram utilizados, nessa prova, os mesmos níveis encontrados pelo autor no mundo físico, buscando uma paridade nos protocolos de nossa pesquisa. Os resultados encontrados indicam, de forma significativa, que somente a sensação de esforço muscular não possibilita ao sujeito compreender a noção de força; para tanto é necessária a composição em um sistema de relações de outras noções, como: espaço, tempo, velocidade, peso, deslocamento e ultrapassamento. Portando, se o que se quer para a educação é a superação das práticas de intervenções pedagógicas tradicionais, o docente deverá proceder a uma análise reflexiva e crítica de suas concepções epistemológicas. Tal reflexão implica na revisão dos pressupostos ontológicos, no entendimento de mundo e as formas de relacionar-se com ele, bem como na relação que as metas e objetivos definidos têm com a educação escolarizada.
[en] Under the current Law of Directives and Bases of National Education (Law no. 9394/96), Physical Education, the educational context, it ceases to be activity area and becomes a curricular component, a discipline, so an area knowledge. This course should then allowing learners ownership content specific to them and the relationship they have with the physical manifestations of cultural production in the process made by man; culminating, so with the understanding of its structure and motility. What commonly occurs as a context of physical education classes, however, is the implementation of performance sports and "games" with the aim of developing physical skills and improve student performance. To be guided in this conceptual mistake on this course, teachers structure their plans class concerned only with recreation, socialization and cooperation. In However, when observing a class, what you see is actually the activity by activity. Thus, the content, objectives and methodologies are, in most cases, deleted. For the appropriation of the motor is enabled, it became an important research as it happens, by the subject, the structuring and evolution of a specific content of this field: body strength. To accomplish this study, Genetic Epistemology of Jean Piaget was used as a principle theoretical. Piaget (1973) explains how the development of the concept of training force occurs in the physical world. This study had the problem check that the process presented by the author also occurs similarly in the body. This so, it presents a qualitative study in which we use as a tool Investigative two tests based on a structured test for Piaget (1973), these tests were given in forty children. To verify understanding the formation of the notion of bodily strength of children were used in this test, the same levels found by the author in the physical world, seeking a parity protocols in our research. The results indicate, so significant that only the sense of muscular effort does not enable the subject understand the concept of force, for both the composition is required in a relations system of other concepts, such as space, time, speed, weight, displacement and transcendence. Porting, if what you want for education is the overcoming the traditional practice of pedagogical interventions, the teacher should undertake a reflective and critical analysis of its epistemological concepts. This reflection implies the revision of the ontological, the understanding world and ways of relating with him as well as in relation to the goals and objectives have with school education.
   
Titulação: Doutor em educação
   
Programa de Pós-Graduação: Educação Física
   
Área de Concentração: Não possui
   
Linha de Pesquisa: Neuromecânica do movimento humano
   
Contribuidor(es):
[Orientador] Adrian Oscar Dongo Montoya
[Membro da Banca] Ângela Pereira Teixeira Victoria Palma
[Membro da Banca] Ricardo Pereira Tassinari
[Membro da Banca] Orly Zucatto Mantovani de Assis
[Membro da Banca] Marcos Garcia Neira
   
Assunto(s):
[pt] Educação Física
[pt] Epistemologia Genética
[pt] Força Corporal.
[en] Physical Education
[en] Genetic Epistemology
[en] Force corporal.
   
Local de defesa: Marília - SP - BR
   
Data da defesa:
[pt] 08/07/2009
[en] 08/07/2009
   
Número de Páginas: 151
   
Arquivo(s):
PDF - Tese
Detalhar Incluir na pasta 
    


Resultado(s) [1 - 1]
Primeira | 1 | Última
Páginas:
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações
Busca  
Busca Avançada »
Pasta de Trabalho » Ajuda
Registros por página

v-IBICT | COPYRIGHT ©
desenvolvido para IE 5.0+
Universidade Federal de Uberlândia www.sibradid.eef.ufmg.br