NUTESES
 
SISTEMA DE PUBLICAÇÃO ELETRÔNICA DE TESES E DISSERTAÇÕES | BUSCA |

Warning: in_array() [function.in-array]: Wrong datatype for second argument in /home/webtedenuteses/html/tde_busca/biblioteca/mostraResultados.inc on line 828
Pesquisa resultou em: 1 registro(s)
Páginas:
Primeira | 1 | Última
Resultado(s) [1 - 1]
Total de Páginas: 1
1
Autor: Alexandre Moreira
   
Título(s):
[pt] A eficácia e a heterocronia das respostas de adaptação de basquetebolistas submetidos a diferentes modelos de estruturação da carga de treinamento e competição
[en] The effectiveness of heterochrony and adaptation responses of basketball players under different models structuring of training load and competition
   
Instituição de Defesa: Universidade Federal de Uberlândia
   
Resumo(s):
[pt] O presente estudo buscou investigar o efeito de três diferentes modelos de estruturação da carga de treinamento e competição em basquetebolistas. A amostra foi composta por 32 atletas, adultos, do sexo masculino, da divisão principal (A1), que foram divididos em três grupos (Modelos) com média e desvio padrão para idade de: Modelo de cargas seletivas (MS) (N = 9); 25,22+ 3,56 anos; Modelo de cargas concentradas (MCON) (N=10); 23,90+3.90 anos e Modelo de cargas complexas (MCX) (N=13); 23,85+3,29 anos. O macrociclo de treinamento foi composto por uma etapa preparatória (EP) e uma etapa de competição (EC), com 6 (seis) semanas para EP nos três Modelos, 18 semanas para EC no MS e MCX e 16 para o MCON. Os testes de controle foram realizados no início da etapa preparatória (T0), ao final da etapa preparatória (T1), ao final da primeira metade da etapa de competição (T2) e ao final da segunda metade da etapa de competição (T3). Os marcadores funcionais externos foram observados a partir dos seguintes testes de controle: salto vertical com contramovimento (SV), salto horizontal saindo parado (SHP), salto horizontal triplo consecutivo lado direito (STCD) e lado esquerdo (STCE), teste T adaptado (C40) e Yo-Yo intermittent endurance test (YO-YO). Utilizou-se da ANOVA para medidas repetidas a fim de testar a hipótese de que os três modelos apresentavam a mesma distribuição nos quatro momentos, bem como analisar a hipótese de igualdade nos quatro momentos para cada modelo. O teste post-hoc HSD de Tukey foi utilizado quando necessário. O nível de significância foi estabelecido em 5%. Em caso de violação do pressuposto de esfericidade, a significância foi estabelecida utilizando-se do procedimento de Greenhouse- Geisser. No momento T0 e T3 se aceitou a H0 de que não existiu diferença para nenhum marcador funcional externo (teste de controle) entre os modelos (P > 0.05), no tocante aos valores brutos. Para T1 e T2, diferenças estatisticamente significantes (P < 0.05) somente para C40. O resultado do teste HSD de Tukey mostrou que o MS se diferenciava em T1, tanto do MCON quanto do MCX (P < 0.05). Não foi identificada diferença entre MCON e MCX neste instante. Em T2, diferentemente do resultado encontrado para T1, o MCX se diferenciou de MCON e MS (P < 0.05). Quanto ao efeito do tratamento (magnitude de alteração percentual), verificou-se dinâmica diversa entre os modelos estudados, o que parece refletir a distribuição do conteúdo de treinamento para cada etapa. Os resultados demonstram a eficácia de utilização dos três modelos investigados, entretanto, sugerem também, que diferentes respostas de adaptação podem ser esperadas, tanto no tipo (positiva e negativa), quanto em magnitude, em função da característica de distribuição das cargas. O MCX parece induzir magnitudes de alteração superiores aos demais modelos, com exceção do STCD, quando comparados os momentos T0 e T3.
[en] This study investigated the effect of three different models of structuring training load and competition in basketball players. The sample consisted of 32 athletes, adult males, the main division (A1), which were divided into three groups (Models) with a mean and standard deviation for age: Load model selective (MS) (N = 9); 25.22 + 3.56 years; Model of concentrated loads (MCON) (N = 10), 23.90 +3.90 years and Model cargo complex (MCX) (N = 13), 23.85 +3.29 years. The macrocycle was comprising a preparatory step (EP) and a competition stage (CS), with 6 (six) for three weeks in EP models, for 18 weeks in the EC and MS MCX and 16 for the MCON. The control tests were conducted in the early preparatory phase (T0), at the end of stage Preparatory (T1), at the end of the first half of the competition stage (T2) and at the end of the second half of the competition stage (T3). The external functional markers were observed from the following control tests: vertical jump with countermovement (SV), long jump standing out (SHP), horizontal triple jump right side (STCD) and left (ETS), adapted T-test (C40) and Yo-Yo intermittent endurance test (YO-YO.)  was used in ANOVA for repeated measures to test the hypothesis that the three had the same distribution in the four moments, as well as examine the hypothesis of equality in the four moments for each model. The post-hoc Tukey HSD was used when necessary. The Significance level was set at 5%. In case of violation of assumption sphericity, significance was established using the procedure of Greenhouse- Geisser. At the time T0 and T3 H0 is accepted that there was no difference for external functional marker (control test) between the models (P> 0.05), with respect to gross. For T1 and T2, statistically significant differences (P <0.05) only for C40. The result of Tukey HSD test showed that MS was different in T1, both the MCON as the MCX (P <0.05). No difference was observed between this and MCX MCON moment. In T2, unlike the results found for T1, MCX differed from MCON and MS (P <0.05). Regarding the effect of treatment (magnitude of percent change) there are different dynamics between the models studied, which seems to reflect the distribution of training content for each step. The results demonstrate the effectiveness of using three models investigated, however, also suggest that different adaptive responses can be expected, both in type (positive and negative), and in magnitude, depending on the characteristic of load distribution. The MCX magnitude of change appears to induce superior to other models, except the STCD when comparing T0 and T3.
   
Titulação: Doutor
   
Programa de Pós-Graduação: Educação Física
   
Área de Concentração: Não possui
   
Linha de Pesquisa: Não possui
   
Contribuidor(es):
[Orientador] Paulo Roberto de Oliveira
[Membro da Banca] Valdir Jose Barbanti**
[Membro da Banca] Sérgio Augusto Cunha
[Membro da Banca] Antonio Carlos Gomes**
[Membro da Banca] Roberto Rodrigues Paes
   
Assunto(s):
[pt] basquetebol
[pt] periodização
[pt] treinamento.
[en] basketball, periodization, training.
[pt] EDUCACAO FISICA
   
Local de defesa: Campinas - SP - BR
   
Data da defesa:
[pt] 28/11/2006
[en] 28/11/2006
   
Número de Páginas: 178
   
Arquivo(s):
PDF - Tese
Detalhar Incluir na pasta 
    


Resultado(s) [1 - 1]
Primeira | 1 | Última
Páginas:
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações
Busca  
Busca Avançada »
Pasta de Trabalho » Ajuda
Registros por página

v-IBICT | COPYRIGHT ©
desenvolvido para IE 5.0+
Universidade Federal de Uberlândia www.sibradid.eef.ufmg.br