NUTESES
 
SISTEMA DE PUBLICAÇÃO ELETRÔNICA DE TESES E DISSERTAÇÕES | BUSCA |

Warning: in_array() [function.in-array]: Wrong datatype for second argument in /home/webtedenuteses/html/tde_busca/biblioteca/mostraResultados.inc on line 828
Pesquisa resultou em: 1 registro(s)
Páginas:
Primeira | 1 | Última
Resultado(s) [1 - 1]
Total de Páginas: 1
1
Autor: Jaime Jimenez Guzman
   
Título(s):
[pt] A funcionalidade do conhecimento de resultados no processamento de informações de crianças especiais.
[en] The functionality of the knowledge of results in the processing of informaes of special child.
   
Instituição de Defesa: Universidade Gama Filho
   
Resumo(s):
[pt] Segundo a teoria de processamento de informações (Theios, 1975), o ser humano é um processador de informações e o CR é uma importante variável neste processo. O intervalo de pós-CR é o período que a criança utiliza durante o aprendizado de uma tarefa motora para tentar melhorar seu desempenho. Com esta perspectiva em vista, o presente estudo foi proposto para investigar os efeitos de diferentes tempos de intervalo na aprendizagem de uma tarefa de posicionamento linear. Trinta (N=30) crianças com média de idade de 8,4 anos pertencentes a rede municipal de ensino do Rio de Janeiro foram randomizados em dois (2) grupos, cada um incluindo quinze (N = 15) crianças, sendo um composto por crianças normais (Gn) e o outro por crianças especiais (Ge). De acordo com a manipulação experimental cada criança executou a tarefa (uma série de posicionamentos de uma manivela para um ponto de uma barra deslizante) com tempos de 1, 5, 10 e 15 segundos para processamento. Uma análise de variância (ANOVA) fatorial com medidas repetidas (grupo X intervalos de processamento) revelou significativos efeitos no tratamento entre grupos F1,29 = 428,67, P < 0,01, tempo de intervalo de processamento F3,84 = 10,89, P < 0,01 e interação de grupos X tempo de intervalo F1,84 = 28,82, P < 0,01. Os testes posteriores (Tukey-a) indicaram: (1) que as crianças especiais utilizam o CR para melhorar a performance, mas são menos competentes quantitativamente do que as normais; (2) o intervalo mais adequado para utilização do CR é o de 5 segundos para ambos os grupos; (3) o intervalo de 10 segundos ou acima é inadequado para a criança especial levando ao esquecimento (proprioceptivo) de informação e, conseqüentemente, à deterioração da performance, o que não aconteceu com as crianças normais. Aparentemente, tanto crianças normais quanto as especiais não utilizam CR no intervalo de processamento de 1 segundo. Possivelmente por falta de tempo necessário que o organismo processador necessita para esquematizar a informação na melhora da tentativa seguinte. Os resultados foram interpretados como fonte de informações para providências pedagógico-metodológicas no processo de ensino-aprendizagem.
[en] According to the information processing theory (Theios 1975) the human being is an information processor and KR is an important variable in this process, the post-KR interval is the period which the child uses during a motor task apprentice ship to try to improve his performance. With this perspective in view the present study was proposed to investigate the effects of different interval periods on a linear position task apprenticeship. Thirty (N= 30) children with mean age of 8.4 years belonging to a State’s elementary School in Rio de Janeiro were randomized in two (2) groups each including fifteen (N= 15) children, one composed of normal children (NG) and another of special children (SG). According to the experimental manipulation each child performed a task (a series of handle positionings to a point on a sliding bar) with processing periods of 1, 5, 10 and 15 seconds. A factorial variance analysis (ANOVA) with repeated measures (group x processing intervals) disclosed significant effects on treatments between groups F 1.29 = 428.67, P < 0.01, processing interval period F 3.84= 10.89, P< 0.01 and group interactions x interval periods F 1.84 = 28.82, P< 0.01. The posterior tests (Tukey-a) showed: 1) that Special children used KR to improve performance………dren; 2) the most adequate interval for the use of KR is the 5 second interval for both groups; 3) the 10 second interval or a higher period is adequate for special children leading them to forget information (propioceptive) and consequently, performance deterioration, something that did not happen with normal children. Apparently, both normal as special children do not use KR on the processing interval of 1 second. Possibly by lack of necessary time which the organism requires to scheme information at improvement of the next trial. The results were interpreted as a source of information for methodological procedures in the teaching-learning process.
   
Titulação: Mestre em Educação Física
   
Programa de Pós-Graduação: Educação Física
   
Área de Concentração: Não possui
   
Linha de Pesquisa: Não possui
   
Contribuidor(es):
[Orientador] Vernon Furtado da Silva**
[Membro da Banca] Maurício José Leal Rocha
[Membro da Banca] Olavo Guimarães Feijó
   
Assunto(s):
[pt] EDUCACAO FISICA
   
Local de defesa: Rio de Janeiro - RJ - BR
   
Data da defesa:
[pt] 18/12/1987
[en] 18/12/1987
   
Número de Páginas: 97
   
Arquivo(s):
PDF - PDF - Dissertação
Detalhar Incluir na pasta 
    


Resultado(s) [1 - 1]
Primeira | 1 | Última
Páginas:
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações
Busca  
Busca Avançada »
Pasta de Trabalho » Ajuda
Registros por página

v-IBICT | COPYRIGHT ©
desenvolvido para IE 5.0+
Universidade Federal de Uberlândia www.sibradid.eef.ufmg.br